Não me sais da cabeça.

Tenho pensado tanto em ti... Re-vejo a nossa "pseudo"-relação, que, na verdade, não o chegou a ser, nas relações dos outros. Dizem-me "Ele hoje fez isto" e o meu subconsciente re-lembra-me "ele costumava fazer isso." e eu só penso em como seria se eu tivesse tido a coragem de ter lutado... Se não tivessemos tido pessoa a puxarem-nos para lados diferentes, Se tivessemos amigos verdadeiros. Se tivessemos pessoas a querer o mesmo que nós. Eu sei que houveram várias razões para não ter dado certo, mas ainda dói, ainda corroi, ainda se sente, ainda cá estão, apenas lembraças, mas ainda cá estão.

Sem comentários:

Enviar um comentário